terça-feira, 18 de janeiro de 2011

BÍBLIA - A PALAVRA DE DEUS REVELADA AO HOMEM

Muitas pessoas tem apresentado a sua opinião sobre Deus, mas se Deus de fato existe Ele não pode ser um fruto da minha mente ou da tua, Deus não é o que imaginamos, Ele é o que é, Ele deve se manifestar. Mas se muitos afirmam coisas tão diferentes sobre o mesmo Deus, fica evidenciado que estes não O conhecem e apenas estão dando o seu parecer sobre Deus. Isto não basta, temos de saber a verdade sobre esse Deus. Então quem pode me dizer quem é Deus?


Aí, não tem jeito, o único cara que pode falar quem é Deus é o próprio Deus, muitos crêem que a Bíblia é a Palavra de Deus, inclusive eu. A Bíblia é a revelação do próprio Deus a sua criatura, mas é uma verdade que ao homem é impossível de se contatar sem a fé. Ao homem cabe, verificar se a Palavra de Deus se cumpre, se realmente ela é verdadeira, e PROVAR se esse Deus existe. Faça isso, por favor!


A Bíblia é o livro de fé de todo o cristão, para o cristão é o livro que contém toda a verdade acerca de Deus, a Bíblia é a própria revelação de Deus por meio da palavra. Na Bíblia encontramos o propósito de Deus (vontade de Deus) para a nossa vida. A Bíblia é a Palavra de Deus. Refutar uma das verdades da Bíblia é refutá-la por inteiro, pois segundo ela mesmo prega, ela é a verdade, e onde há verdade de modo algum pode haver mentira. (meia-verdade não é uma verdade, e sim uma mentira bem contada).

A Bíblia não é um livro de opiniões de homens, também não é um livro científico onde em uma única leitura conseguimos entender todo o propósito nele escrito.


Porém, quem não crê que a Bíblia é autêntica revelação do Deus vivo, este sim deve julgá-la para ver se ela procede ou não de Deus. É o que eu aconselho que se faça, julgá-la, a você mesmo formar a sua opinião sobre a Bíblia (só pode haver duas: ou verdadeira, ou falsa; não há meio termo).


A Bíblia é um livro espiritual e não meramente carnal, sua interpretação muitas vezes excede o limite do conhecimento comum e até para os que nela confiam às vezes ficam alguns mistérios de difícil interpretação.


Mas para que ela seja julgada com justiça, vamos ver o que realmente a Bíblia fala sobre ela mesma:


1. toda escritura é inspirada por Deus, útil para o ensino, repreensão e correção para educar as pessoas no caminho da justiça (de Deus) e por meio dela buscarem a salvação (II Timóteo 3:16);


2. toda escritura é movida pelo Espírito Santo, nada escrito na Bíblia é de vontade humana, pelo contrário, é da vontade de Deus (II Pedro 1:20-21);


3. a Palavra é verdade (II Pedro 1:20-21) ;


4. toda a Palavra de Deus se cumpre - aí é mostrada a sua eficácia (Mateus 5:18) ;


5. a Palavra é viva e eficaz, penetrante no nosso ser como espada e atinge até o nosso espírito - que é a nossa porção mais íntima (Hebreus 4:12);


6. expressa a vontade de Deus (Gálatas 1:11-12);


7. a Palavra de Deus é loucura para o homem carnal, por isso muitos não a aceitam e nem buscam entendê-la, pois não a lêem no espírito, ou seja, voltadas para Deus (I Coríntios 1:18);


8. a Palavra procede do Espírito (Santo) e não de linguagem doutrinária persuasiva ou sábia de homens. Para nossa fé se apoiar em Deus e não na sabedoria dos homens (I Coríntios 2:4, 5);


9. a Palavra é luz e nos põe na luz de Deus (Salmo 119:105);


10. a Palavra de Deus é reta. ou seja, tem um propósito fiel (Salmo 33:4);


11. a Palavra é eterna. - por isso, ela é sempre atual (Mateus 24:35).


Eu creio que a Bíblia é a Palavra de Deus, que ela é a revelação do Deus vivo ao homen. Creio que a Bíblia é a VERDADE.


Vejamos o que o Senhor Jesus fala sobre a Bíblia:


1. quem pratica a Palavra de Deus é uma pessoa prudente e que não se abala. (Mateus 7:24);


2. O homem viverá da Palavra que procede da boca de Deus. Nota-se neste versículo que a palavra é tratada como alimento. Logo, a palavra de Deus é alimento espiritual. Assim como o pão está para a nossa carne, assim a palavra de Deus está para nosso espírito. Se não alimentarmos o nosso corpo morreremos, o mesmo acontecerá com o nosso espírito, se ele não for alimentado também morrerá. Logo a Bíblia é comida, e para a comida nos alimentar ela não pode única e exclusivamente ser conhecida, (não adianta eu saber que o pão alimenta, para eu saciar minha fome devo comê-lo) deve sim ser COMIDA (Mateus 4:4).


3. A Palavra de Deus é espírito e vida. Portanto, não devemos ler a Bíblia com a nossa psique (alma, razão) e sim com o nosso espírito. A Palavra de Deus também é vida, portanto, fica evidenciado que somos vivificados e reavivados toda vez que nos alimentamos espiritualmente da Palavra de Deus. Também neste versículo nota-se que o verdadeiro cristianismo não é doutrina (doutrina = algo que vem de fora para dentro, como é visível em muitas igrejas) e sim vida de Deus (algo que vem de dentro - a saber, do nosso espírito- para fora) (João 6:63).

4. Como poderemos crer em Cristo, se não cremos nas suas escrituras?, como poderemos saber que Jesus salva senão por meio dos seus escritos? Aqui é revelado por Cristo o único caminho de se chegar ao entendimento das coisas de Deus, através da sua Palavra (João 5:47).

Conseqüências que o estudo da Palavra (de Deus) traz em nossas vidas:

1. traz consolo e esperança (Romanos 15:4);

2. quem nela crer não será envergonhado (I Pedro 2:6);

3. traz luz (Salmo 119:105);

4. traz sabedoria (Salmo 119:98);

5. traz riqueza espiritual (Salmo 119:72; leia também Gálatas 5:22, 23 para saber que riqueza é esta);

6. traz vida - vivifica-nos (Salmo 119:50);

Plano de leitura da Bíblia

Se você quer ler a Bíblia e não sabe por onde começar, aí vão minhas dicas: como que em todo o início de caminhada cristã o importante é conhecer a Deus. Neste plano que pus de lado os livros históricos (Josué a Ester e Atos) e os de profecia (profetas maiores: Isaías a Daniel; e profetas menores: de Oséias a Malaquias e Apocalipse). Você deveria ler todos, pois em cada livro Deus se revela a nós, porém, há livros que são essenciais. Bom, lá vai...

1. Leia I João (no mínimo duas vezes, esta epístola trata sobre a salvação; cf. I Jo 5:13)

2. Leia o evangelho de João (para que você creia que Jesus é o filho de Deus; cf. Jo 20:31.

3. Leia também as epístolas Paulinas menores (comece por Colossenses. As epístolas Paulinas menores são: Gálatas, Efésios, Filipenses, Tessalonicenses, Timóteo, Tito e Filemon).

4. Leia os demais evangelhos (os outros três evangelhos tem um enfoque diferente do evangelho de João, tratam da questão judicial da salvação; o evangelho de Mateus pode ser deixado de lado).

5. Epístolas de Pedro, Tiago (epístola com muitos aconselhamentos práticos), João (II e III) e Judas.

6. Epístolas Paulinas maiores (Coríntios e Romanos).

7. Livro de Atos (que é muito mais um livro de experiência, portanto histórico, do que propriamente um livro espiritual, este livro tem a história da igreja de Cristo; pode até ser lido mais tarde).

8. Hebreus (este livro é uma janela do velho testamento, muito bom, porém um pouco complexo). Daí, passamos ao velho testamento.

9. Gênesis (os seis primeiros capítulos; neles estão contido o plano de Deus. Os demais capítulos podem ser lidos depois).

10. Livros de sabedoria (Provérbios, Jó, Salmos).

11. Daqui em diante, com certeza, você não precisa mais de aconselhamento acerca de que livro ler; pois você já deve ter um conhecimento grande sobre Deus. Mas o meu conselho é: ler os profetas (Isaías a Malaquias, depois os livros históricos (Josué a Ester) e por último, a Lei (Êxodo a Deuteronômio).




NOTA: não tenha piedade da Bíblia, busque lê-la com um lápis à mão, para marcar as principais passagens, assim fica mais fácil entender sua mensagem. Para um bom entendimento da Bíblia, também ore pedindo a Deus que te capacite para entender Sua Palavra. Também não queira ler tudo isto em pouco tempo; pois a Bíblia deve ser ruminada, lida e relida se necessário.

Pronto, agora você está apto a julgar a Bíblia, agora que conhece suas principais revelações sobre si mesma. Porém, lembre-se, para não incorrer em muitos enganos em relação a Deus que "Deus é espírito; e importa que os seus adoradores o adorem em espírito e em verdade" (João 4:24). Só podemos contatar a Deus em espírito.






Nenhum comentário:

Postar um comentário